Qualidade 4.0 – Como será a Qualidade no futuro?

A Qualidade 4.0 é um termo pouco difundido no Brasil, trata-se da revolução 4.0 na área da Qualidade. Essa revolução compreende tanto outros temas convergentes com a qualidade como tecnologias para apoiar o setor.

A revolução 4.0 da área da Qualidade utiliza de diversos temas de gestão alinhados com qualidade. Por exemplo, compliance, inovação, conhecimento, etc. Aqui pontuo alguns exemplos desse alinhamento.

 

Contexto da Organização e Partes Interessadas

Na Qualidade 4.0 você deve abordar e identificar o contexto da organização em diversos aspectos, deve avaliar as questões internas externas por diversos ângulos. Na qualidade tradicional você vai avaliar o contexto da organização somente pensando na satisfação do cliente.

Na qualidade 4.0 você pode utilizar mais de 80 normas de sistemas de gestão para avaliar contexto da organização. Vamos imaginar referências como Qualidade (ISO 9001), Inovação (ISO 56002), Compliance (ISO 37301) e Conhecimento (ISO 30401).

Na avaliação de contexto da organização você precisa avaliar as questões internas e externas da organização nesses 4 diferentes ângulos, haverá entradas envolvidas nesses quadros temas de acordo com essas normas e consequentemente ações envolvidas.

Para partes interessadas não é diferente nesse exemplo, seria necessário avaliar as partes interessadas nos mesmos temas, identificar suas necessidades e expectativas e traçar ações que envolvem estas.

 

Contexto das Tecnologias

Seguindo já referências consolidadas sobre indústria 4.0, é necessário avaliar 5 pilares de tecnologias: Internet das Coisas, Big Data, Inteligência Artificial, Segurança da Informação e Computação em Nuvem.

Para aplicação da Qualidade 4.0 um estudo de aplicabilidade sobre os 5 pilares de tecnologia é necessário dentro do sistema de gestão da organização.

Uma avaliação nesse caso pode ser feita dentro do mapeamento e avaliação de processos da organização. A organização deve avaliar quais desses 5 pilares podem ser aplicáveis para cada processo, independente se pode ou irá implementar essas tecnologias (isso fica para a a fase de operação).

Os 5 pilares se forem aplicáveis para algum processo, deve trazer rentabilidade, produtividade ou redução de custos, só assim este será aplicável, caso contrário, não deve ser considerado.

 

Como implementar a Qualidade 4.0?

A organização deve pensar 4.0, ou seja, pensar em suas necessidades presentes e futuras e ir acoplando temas sobre gestão e tecnologia.

Muitas normas podem ajudar nesse processo, como é o caso da ISO 56002 – Sistemas de Gestão da Inovação e a ISO 30401 – Sistemas de Gestão do Conhecimento. Mas somente essas normativas não são suficientes, é necessário avaliar quais temas circundam o dia a dia da organização, um exemplo trago na tabela a seguir:

Esses são apenas exemplos, com a ferramenta robusta de avaliação do contexto da organização e contexto das tecnologias a empresa pode buscar alinhamento na indústria 4.0 e assim iniciar o processo da Qualidade 4.0. A cultura organização irá tomar outra forma, os líderes e liderados irão pensar 4.0, a Qualidade será 4.0.

QMS Certification

A QMS Certification é um organismo de certificação internacional acreditado que atua especificamente com certificação de sistemas de gestão e treinamentos de normas aplicáveis.

Webinar do mês

Confira nossos conteúdos ao vivo!

Todo mês ensinamos ao novo gratuitamente, confira e se inscreva!

Nos webinars que você assistir ao vivo, há liberação de um certificado de participação ;)

Logo Q Academy Branco

Cursos online de
Sistemas de Gestão

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

O terceiro setor é uma esfera da atividade econômica que engloba organizações não governamentais (ONGs), associações, fundações e outras entidades que atuam com finalidades sociais, ambientais, culturais ou de desenvolvimento comunitário, mas que não raras vezes são usadas para prática de fraudes, por isso o Compliance no