4 Gurus da Qualidade e suas grandes contribuições para o mundo da Qualidade

Neste artigo vamos conversar sobre quem foram os gurus da qualidade e como cada um contribuiu para a popularização da gestão da qualidade no mundo!

De acordo com os dicionários podemos definir Guru como um líder, pessoa que dá conselhos, orientações, um guia ou mentor. No mundo da qualidade, esses gurus são os profissionais responsáveis pelas teorias, metodologias e ferramentas de qualidade que utilizamos hoje em dia.

Diversas ferramentas e metodologias criadas por esses gurus surgiram para facilitar a vida dos profissionais e auxiliar na gestão de processos dentro das empresas. Isso, tanto para quem trabalha com gestão e controle da qualidade, quanto para pessoas da área de administração e engenharia.

Vamos conhecer um pouco mais sobre os 4 principais Gurus da qualidade e seu importante trabalho na área.

William Edwards Deming (1900-1993): um dos pioneiros da Gestão da Qualidade no Japão

Deming contribui para evolução da Qualidade Total durante a segunda guerra mundial. Após isso, se tornou um dos responsáveis pela mudança da visão e das práticas da indústria japonesa, que passou a liderar vários mercados como o automobilístico e o tecnológico.

Seu principal conceito era o da melhoria contínua, otimização no trabalho e melhoria de processos. O ideal que Deming acreditava era que os colaboradores possuem um potencial ilimitado, contanto que o ambiente seja favorável para desenvolver essas habilidades.

Um dos maiores legados de Deming foi a elaboração dos famosos 14 princípios de Deming e seu esforço para difundir a importância da melhoria contínua. Tema este que está entre os mais abordados na Gestão da Qualidade moderna.

Joseph Moses Juran (1904-2008): pai da Gestão de Qualidade Moderna

Juran iniciou sua carreira como gestor da qualidade, voltado para a implantação das técnicas de controle da qualidade. Ele atuou também nas empresas japonesas durante o pós Segunda Guerra Mundial, sendo uma peça chave na retomada da economia japonesa.

Juran revolucionou conceitos que já existiam sobre qualidade e criou novas ideias que mais tarde se tornaram a gestão da qualidade total e influenciaram milhares de profissionais ao redor do mundo.

O principal conceito defendido por Juran era que a qualidade pode ser entendida como a conformidade entre o que o cliente deseja e o que o produto que a empresa oferece.

Outra de suas grandes contribuições foi o desenvolvimento da Trilogia Juran para Gerenciar a Qualidade, que é composta por:

  1. Planejamento: necessidade de projetar a qualidade e encontrar meios de alcançá-la;
  2. Controle: propósito de minimizar falhas para alcançar as metas operacionais;
  3. Aperfeiçoamento: propor maneiras de elevar o desempenho da qualidade!

Philip Crosby (1926-2001): o grande incentivador do “fazer certo da primeira vez

Crosby fundou a sua própria empresa de consultoria, a Philip Crosby Associates, Inc. e escreveu 13 obras que  são consideradas grandes contribuições para a Gestão da Qualidade.

Crosby defendia a teoria de que o grande objetivo da gestão da qualidade é alcançar a marca de zero defeitos no processo produtivo e que a Gestão da qualidade deve ser idealizada desde a Alta Direção.

Ele acreditava que um sistema de gestão eficiente tem como principais características: uma boa comunicação entre todos os níveis hierárquicos, e que se deve “fazer certo na primeira” vez, pois isso elimina o retrabalho.

Crosby foi um dos primeiros profissionais a associar Qualidade a requisitos pré-estabelecidos. Ele estabelecia que a qualidade só seria alcançada quando as organizações atendessem aos padrões que eram definidos de acordo com as necessidades dos clientes (os requisitos). Para ele, o objetivo era sempre procurar alcançar a satisfação máxima do seu público.

Vicente Falconi (1940-atualmente): a importância da padronização do método de trabalho e das informações dentro de uma empresa

Esse é o guru mais recente, Falconi é consultor, professor, mestre, entre vários outros epítetos. Hoje tido como um dos homens mais poderosos do país, o fundador da consultoria que leva seu sobrenome responde por uma longa e movimentada trajetória.

Do momento em que voltou do Japão, no começo dos anos 80, com uma mala carregada de métodos e conceitos que disseminou entre empresários brasileiros, até se tornar o mais influente consultor do país.

Falconi destaca a importância da padronização do método de trabalho e das informações dentro de uma empresa. Nesse sentido, um padrão é o instrumento básico do gerenciamento da rotina.

Por isso, por meio do seu uso, os processos são facilmente replicados. Além disso, os colaboradores, com a ciência dos procedimentos que se devem seguir para a execução das tarefas passam a assumir a responsabilidade pelo resultado de seu trabalho.

Importância de conhecer as contribuições dos Gurus da Qualidade

Esses seis são os principais gurus que fomentaram a Qualidade e criaram grandes impactos no mundo. Entretanto, existem outros profissionais qualificados e que contribuíram muito para o mundo da Qualidade.

Todos esses autores são os responsáveis por aumentar a competitividade das empresas e melhorar a qualidade dos produtos através das ferramentas que facilitam o trabalho.

Por isso, é extremamente importante conhecer quais foram as contribuições de cada um e entender como a ideologia de cada Guru contribui positivamente para nosso sistema de gestão da qualidade.

Conhecendo os fundamentos de cada autor, podemos ir além e gerar muito mais resultados para nossas empresas! Na Q Plus, temos um curso completo ministrado por mim sobre os Gurus da Qualidade, vem conhecer clicando aqui! 😁

 

QMS Certification

A QMS Certification é um organismo de certificação internacional acreditado que atua especificamente com certificação de sistemas de gestão e treinamentos de normas aplicáveis.

Webinar do mês

Confira nossos conteúdos ao vivo!

Todo mês ensinamos ao novo gratuitamente, confira e se inscreva!

Nos webinars que você assistir ao vivo, há liberação de um certificado de participação ;)

Logo Q Academy Branco

Cursos online de
Sistemas de Gestão

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

O terceiro setor é uma esfera da atividade econômica que engloba organizações não governamentais (ONGs), associações, fundações e outras entidades que atuam com finalidades sociais, ambientais, culturais ou de desenvolvimento comunitário, mas que não raras vezes são usadas para prática de fraudes, por isso o Compliance no