Entendendo o requisito 5.2 Política Ambiental da ISO 14001:2015

Quando a organização se compromete a cumprir sua política ambiental, ela não só age de acordo com a ISO 14001 como mostra para seus clientes que é socialmente responsável

Nos últimos anos, acompanhamos inúmeros desastres ambientais causados por pequenas, médias e grandes empresas. Tragédias como rompimento de barragens, incêndios, contaminação de rios e mares, entre outras, que ganharam grande repercussão. E sim, isso também é assunto de Política Ambiental.

Essas tragédias levantam inúmeras perguntas e discussões sobre o que a organização deixou de fazer, ou fez de maneira errada, para resultar nesses acidentes. Por isso, no artigo de hoje vamos entender como uma organização pode determinar seus objetivos e seu comprometimento com o meio ambiente.

Para que possamos entender melhor as medidas e iniciativas que uma organização pode implementar em seu sistema, vamos abordar o requisito 5.2 Política Ambiental, presente na ISO 14001: 2015.

Conhecendo o requisito 5.2 Política Ambiental

A norma se apresenta com um enunciado que deixa claro que a política ambiental deve ser implementada e mantida dentro do seu escopo, presente no seu sistema de gestão ambiental.

5.2 Política ambiental

A Alta Direção deve estabelecer, implementar e manter uma política ambiental que, dentro do escopo definido em seu sistema de gestão ambiental:

a) seja apropriada ao propósito e ao contexto da organização, incluindo a natureza, escala e impactos ambientais das suas atividades, produtos e serviços;

b) proveja uma estrutura para o estabelecimento dos objetivos ambientais;

c) inclua um comprometimento com a proteção do meio ambiente, incluindo a prevenção da poluição e outro(s) compromisso(s) específico(s) pertinente(s) para o contexto da organização;

Outro(s) compromisso(s) específico(s) para a proteção ambiental pode(m) incluir uso sustentável de recursos, mitigação e adaptação à mudança climática, e proteção da biodiversidade e dos ecossistemas.

d) inclua um comprometimento em atender os seus requisitos legais e outros requisitos;

e) inclua um comprometimento com a melhoria contínua do sistema de gestão ambiental para aumentar o desempenho ambiental.

Vamos entender requisito a requisito como implementar a política ambiental

A política ambiental deve buscar uma melhoria constante, em prol da sustentabilidade e seguindo os requisitos legais. Vejamos:

a) seja apropriada ao propósito e ao contexto da organização, incluindo a natureza, escala e impactos ambientais das suas atividades, produtos e serviços

Como já vimos aqui no blog, o contexto da organização aborda questões internas e externas. Quando se trata da norma 14001, essas questões internas e externas são relacionadas ao meio ambiente.

Isso quer dizer que a organização deve estar preparada para abordar questões internas, como por exemplo, os impactos ambientais que sua produção pode causar.

Quando falamos em questões externas, a organização deve estar atenta a mudanças que podem impacta-la vindo de fora do seu território operacional. Como por exemplo, implementação ou alterações de leis ambientais, possíveis mudanças climáticas, entre outras situações.

b) proveja uma estrutura para o estabelecimento dos objetivos ambientais;

Nesse item, a alta direção da organização determina qual é o seu objetivo em relação ao sistema de gestão ambiental. Por isso, quando é determinada a política ambiental, é importante que ela seja alinhada com os objetivos do sistema de gestão ambiental.

Caso não ocorra um alinhamento entre o SGA e a política ambiental, pode ser que os objetivos caminham em direções opostas. Vamos exemplificar, o objetivo de uma empresa é utilizar uma embalagem maior e com sua matéria prima em plástico.

Entretanto isso não será possível pois, na política ambiental da empresa está determinado o uso de uma embalagem reciclável, utilizando como matéria prima o papel.

c) inclua um comprometimento com a proteção do meio ambiente, incluindo a prevenção da poluição e outro(s) compromisso(s) específico(s) pertinente(s) para o contexto da organização;

Outro(s) compromisso(s) específico(s) para a proteção ambiental podem incluir uso sustentável de recursos, mitigação e adaptação à mudança climática, e proteção da biodiversidade e dos ecossistemas.

Nesse item a organização deve declarar quais são as suas intenções em relação às partes interessadas, nesse caso em especial, o meio ambiente. A organização deve adotar um comprometimento com a proteção do meio ambiente, demonstrando sua preocupação em não prejudicar a natureza com suas ações.

Como mostra a nota que acompanha o item C, a organização pode utilizar de maneira sustentável rios, sem que haja uma contaminação ou os afete de forma negativa. Pode também, firmar um compromisso em cuidar da biodiversidade ao redor da localização da organização. Entre outros fatores.

d) inclua um comprometimento em atender os seus requisitos legais e outros requisitos;

Demonstrar comprometimento não pode ser apenas causar boas impressões. Como vimos no item C, é necessário que haja comprometimento. Entretanto, não adianta implementar na política ambiental inúmeras medidas de preservação, projetos em prol da natureza entre outras ações, e não as transformar em ações práticas. Não as tirar do papel!

A organização deve demonstrar comprometimento e cumprir com as ações pré-declaradas, tanto em seus requisitos internos, quanto  em requisitos externos, como novas sanções e leis ambientais.

e) inclua um comprometimento com a melhoria contínua do sistema de gestão ambiental para aumentar o desempenho ambiental.

A política ambiental da organização deve deixar claro que está sempre em busca de melhoria contínua, que por sua vez é um dos pilares da qualidade. Quando a organização implementa um comprometimento com a melhoria, ela mostra para os clientes e colaboradores que não está acomodada.

As empresas precisam se atualizar com o passar do tempo, em relação a preservação do meio ambiente (e quaisquer outras áreas).

Por exemplo, os filtros utilizados em chaminés industriais. Caso os sistemas de gestão ambientais não buscassem uma melhoria para que houvesse uma diminuição na poluição do ar, provavelmente esses filtros que hoje, tão fundamentais, poderiam nem mesmo existiriam.

Benefícios de uma empresa sustentável

Uma empresa sustentável é aquela que busca transformar suas ações em pontos positivos. Isso, para as pessoas, para o meio ambiente e para o seu próprio funcionamento.

Quando a organização se torna sustentável, ela passa a se destacar e obter valorização da marca, prioridade nas escolhas feitas por clientes, economia, entre outros benefícios. Além do impacto social, trazendo melhor qualidade de vida para as pessoas que sofrem influência direta ou indiretamente da organização.

Para se tornar uma empresa sustentável, a organização precisa incorporar ações voltadas para a preservação do meio ambiente e projetos que beneficiam a sociedade. Implementar uma política ambiental como a mostrado no artigo de hoje é fundamental para se tornar uma empresa com essas características.

Quer buscar a certificação na ISO 14001 para sua empresa? Peça um orçamento para a QMS Brasil 😉

QMS Certification

A QMS Certification é um organismo de certificação internacional acreditado que atua especificamente com certificação de sistemas de gestão e treinamentos de normas aplicáveis.

Webinar do mês

Confira nossos conteúdos ao vivo!

Todo mês ensinamos ao novo gratuitamente, confira e se inscreva!

Nos webinars que você assistir ao vivo, há liberação de um certificado de participação ;)

Logo Q Academy Branco

Cursos online de
Sistemas de Gestão

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

O terceiro setor é uma esfera da atividade econômica que engloba organizações não governamentais (ONGs), associações, fundações e outras entidades que atuam com finalidades sociais, ambientais, culturais ou de desenvolvimento comunitário, mas que não raras vezes são usadas para prática de fraudes, por isso o Compliance no