Governança Corporativa e Normas ISO

Governança Corporativa e Normas ISO

Entenda Governança Corporativa e Normas ISO que podem apoiar sua empresa e maximizar os resultados dos seus processos.

O tema governança corporativa e normas ISO está cada vez mais em voga no mercado. Isso porque a própria importância da manutenção das regras, procedimentos e padrões organizacionais é cada vez mais importante frente às mudanças do mercado e às necessidades de cada setor.

Além disso, a relação governança corporativa e normas ISO é muito vantajosa tanto para empresas como para os profissionais envolvidos na implementação e manutenção dos padrões. Isso acontece porque as normas correspondem a valiosas ferramentas que ajudam a manter a governança em dia, assim como implementar o que for necessário.

Por isso, no artigo de hoje, vamos trabalhar um pouco sobre a importância da governança e quais normas podemos utilizar para apoiar esse aspecto fundamental para o crescimento e evolução das empresas.

 

O que é Governança Corporativa?

Antes de mais nada, é sempre importante lembrar o que é governança corporativa. Segundo a literatura, podemos definir esse termo como: “um conjunto de práticas e princípios que visam garantir a transparência, a responsabilidade e a sustentabilidade das empresas”.

O principal objetivo da governança é equilibrar os interesses das diversas partes interessadas envolvidas. Lembrando, como partes interessadas podemos citar os acionistas, diretores, gerentes, funcionários, clientes, fornecedores, a comunidade e qualquer ente que impacte ou seja impacto por nossas empresas.

Todo esse esforço serve para ajudar a garantir que nossas organizações sejam gerenciadas da maneira mais eficaz, justa, transparente e responsável possível!

Para nosso artigo de hoje, entender esse básico sobre governança é primordial. Mas, caso você queira se aprofundar um pouco mais nesse termo, temos uma playlist muito interessante disponível no nosso canal do Youtube, vale a pena conferir clicando aqui.

 

Normas ISO que apoiam a Governança Corporativa

Em sua estrutura, a governança corporativa contém todo o conjunto de procedimentos, processos e práticas que visam atender aos padrões determinados pelas organizações. Mas para apoiar a implementação de uma governança eficaz e eficiente, podemos utilizar uma série de ferramentas de gestão disponíveis no mercado.

Entre essas ferramentas, podemos citar as normas ISO de sistemas de gestão. Devido a importância deste tema, desde 2014, a ISO (International Organization for Standardization) possui um comitê técnico dedicado a elaborar normas de governança colaborativa.

Esse comitê técnico é o ISO TC 309, comitê que eu orgulhosamente faço parte. Nele, eu e outros membros nos dedicamos a elaborar regras e normas que apoiem empresas na implementação da gestão corporativa. Por existir desde 2014, esse comitê possui diversos materiais que são referência no mercado mundial. É dele também que sairão as principais referências citadas neste artigo.

 

ISO 37000 – Governança das organizações — Orientação

Segundo texto do próprio site da ISO, a 37000 “fornece princípios e aspectos-chave de práticas para orientar os órgãos governamentais e grupos governamentais sobre como cumprir as suas responsabilidades para que as organizações que governam possam cumprir o seu propósito.

Ela é aplicável a qualquer tipo de organização, independentemente de seu porte e corresponde a um verdadeiro guia de governança. Ela é utilizada por milhares de organizações para estabelecer um passo a passo, uma “receita de bolo”, de como implementar a governança corporativa nas empresas.

Vale lembrar que essa não é uma norma certificável, porém é uma ferramenta essencial para qualquer empresa.

 

ISO 37001 – Sistemas de gestão antissuborno — Requisitos com orientação para uso

Nesta norma, como o próprio nome já diz, tratamos da implementação de um sistema de gestão para prevenir, detectar e responder a suborno. Caso a organização deseje, é possível também ampliar o escopo para anticorrupção em geral.

Essa norma apoia a governança estabelecendo princípios, diretrizes e controles para situações que envolvem suborno e corrupção. O que é importante devido ao alto risco que essas situações podem aferir às empresas, assim como os impactos negativos que essas práticas podem ter sobre os resultados e imagem da organização.

 

ISO 37301 – Sistemas de gestão de conformidade — Requisitos com orientação para uso

Essa norma orienta a implementação de sistemas de gestão de compliance, ou seja, conformidade. Ela trará princípios, diretrizes para as organizações endereçarem suas principais obrigações de compliance a serem seguidas.

É importante entender que tanto a ISO 37001 quanto a ISO 37301 são normas certificáveis, ou seja, são normas passiveis de verificação de conformidade e auditoria externa. Assim, é possível implementar suas diretrizes e obter um certificado de compliance e anticorrupção. Isso gera mais respeitabilidade no mercado e melhora a visão da organização.

 

ISO 26000 – Responsabilidade social

Essa norma endereça aspectos e diretrizes de responsabilidade social e desenvolvimento sustentável.

Nela, estão contidos diversos princípios que vão desde segurança e saúde ocupacional (SSO), riscos de trabalho análogo a escravidão e até mesmo questões de governança corporativa que podem ser implementadas nas empresas.

Devido sua abrangência e relevância, a ISO 26000 é uma ferramenta muito interessante e pode ser implementada como mais uma forma de apoiar a governança corporativa.

 

ISO 31000 – Sistemas de gestão de risco

A última ferramenta que trago para nossa relação governança corporativa e normas ISO é a famigerada ISO 31000. Por meio desta norma, e possível estabelecer uma estrutura completa de gestão de riscos, identificando, reagindo e tratando incidências.

Essa é uma norma que apoia muito a governança por sua abrangência dentro da empresa, podendo ser aplicada a todos os aspectos organizacionais. É interessante, por exemplo, utilizá-la para mapear os próprios riscos relativos à governança corporativa.

 

Governança corporativa e normas ISO – uma parceria que leva a resultados

A governança corporativa é um assunto essencial para a gestão atual e, frente aos desafios e a competitividade do mercado, é um requisito chave para conquistar mais resultados, manter-se sustentável e garantir mais responsabilidade e ética nos negócios.

No artigo de hoje, pincelei apenas 5 normas que você pode usar para implementar e apoiar a governança corporativa da sua empresa. Porém, vale dizer que existem dezenas de outras ferramentas e que vale a pena aprofundar-se nesse assunto.

Se quiser se aprofundar mais, este conteúdo foi baseado em um vídeo que postamos no nosso canal e que traz mais informações sobre o tema. Clique aqui para assistir.

QMS Certification

QMS Certification

A QMS Certification é um organismo de certificação internacional acreditado que atua especificamente com certificação de sistemas de gestão e treinamentos de normas aplicáveis.

Webinar do mês

Confira nossos conteúdos ao vivo!

Todo mês ensinamos ao novo gratuitamente, confira e se inscreva!

Nos webinars que você assistir ao vivo, há liberação de um certificado de participação ;)

Logo Q Academy Branco

Cursos online de
Sistemas de Gestão

Tratamento de Não Conformidades: Análise de Causa

Tratamento de Não Conformidades: Análise de Causa

No universo da gestão de qualidade, um dos aspectos mais cruciais é o tratamento eficaz de não conformidades. A análise de causa é um procedimento indispensável nesse contexto, proporcionando um caminho para evitar sua recorrência. Saiba mais!

Guia Completo Acreditação ONA

[Guia Completo] Acreditação ONA

Em 1 de março de 2024 a QMS adquiriu a TS4 Saúde e agora atua como uma instituição acreditadora credenciada (IAC) ONA. Mas afinal, o que é ONA?