A importância da Liderança para a Gestão de Pessoas

Vamos entender melhor o conceito de liderança e gestão de pessoas e a importância de ambos nas organizações.

Para realizar qualquer negócio, é necessário que alguém lidere, que faça a gestão de pessoas para que os colaboradores tenham uma referência e alguém responsável por toda equipe e processos. Mas liderar algo nem sempre é uma tarefa simples.

Tudo que envolve tomar as principais decisões da empresa e lidar com pessoas é algo que exige muita disciplina por parte de qualquer pessoa.

Os líderes de uma organização significam, de forma prática, que existem pessoas responsáveis pelas cobranças de desempenho, prazos e qualidade. E para isso é necessária muita responsabilidade e controle de suas obrigações.

Por isso, para realizar uma gestão eficiente, é necessária uma liderança que contribua da melhor maneira para o crescimento e desenvolvimento da empresa. Portanto, neste artigo, vamos entender um pouco mais sobre o papel da liderança na gestão de pessoas dentro das organizações.

Qual a relação entre a liderança e a gestão de pessoas?

Quando falamos sobre liderança, se trata de algo mais objetivo. Um líder nas organizações tem a função de resolver as mais diversas situações, atender às necessidades e monitorar o trabalho de uma equipe.

E quando tratamos do assunto de gestão de pessoas, nos referimos a todo desenvolvimento e administração dos recursos humanos de uma organização. O principal objetivo de um gestor de pessoas é observar as potencialidades, dificuldades da sua equipe e encontrar maneiras de melhorar e motivar todos os colaboradores.

Por isso, apesar das pequenas diferenças entre os conceitos, ambos são muito importantes para o funcionamento de um negócio. Pois, para contribuir da melhor maneira para o desenvolvimento dos seus processos, o líder deve estar envolvido nas estratégias de gestão das pessoas.

A importância da liderança na gestão de pessoas

Um bom líder precisa saber gerenciar bem as pessoas e todos os processos sem se esquecer de considerar o senso de humanidade. Precisa se posicionar, mas também considerar as capacidades, emoções e limitações de cada pessoa da equipe.

Quando um líder é capaz de exercer essa função da maneira certa, ele desenvolve um senso de pertencimento e aproveitamento das habilidades de cada pessoa da equipe. Consequentemente, alinhando essas particulares com os objetivos da empresa, ele consegue entregar os melhores resultados para todos.

Como desenvolver um bom líder para a gestão de pessoas?

Através de um bom treinamento, o profissional pode desenvolver técnicas e habilidades que podem ajudar no comando de sua equipe.

Um bom líder, além de realizar suas habilidades de maneira eficaz, também precisa entender como reconhecer as capacidades e limitação, fornecer feedbacks a pessoas e possuir uma comunicação transparente. Além, é claro, de possuir muita empatia, paciência e respeito por todos. Essas são competências almejadas em uma liderança qualificada.

Pois no dia a dia, sem uma boa preparação e treinamento, os líderes podem ter dificuldades em exercer essa cobrança sem passar dos limites ou não apoiando a equipe. Então, é necessário um bom preparo comportamental e técnico para ser uma referência para equipe e saber lidar com situações do cotidiano.

Realize a liderança com qualidade!

Para alguns profissionais, liderar pode ser algo natural, mas para outros é necessário estabelecer alguns critérios que possam ajudar a realizar uma boa gestão da sua equipe e que vai fazer a diferença na organização.

Por isso aqui vão algumas dicas que podem ajudar os líderes nessa tarefa:

Valorize o talento da sua equipe

Cada funcionário possui talentos e capacidades únicas. E um bom líder é aquele que consegue visualizar essas particularidades, que é capaz de promover a inovação e criatividade e aproveitar isso para o desenvolvimento da empresa.

Forneça feedback constante para seus colaboradores

Realizar feedbacks é um fator essencial para uma boa gestão de pessoas. Pois através da conversa, é possível solucionar problemas, fornecer dicas de melhoria e melhorar o desempenho de todos.

Crie uma boa conexão com a equipe

É importante que o líder conquiste a confiança das pessoas e, apesar da hierarquia de profissão, é importante existir muito respeito. Um bom líder deve sempre buscar a harmonia e aliar os objetivos, propósitos e valores com sua equipe para exercer o trabalho adequadamente.

Para resultados superiores, uma boa liderança é essencial!

Para o sucesso e desenvolvimento de uma empresa, é necessário entregar bons resultados. E para isso acontecer da maneira mais satisfatória é preciso de bons profissionais liderando sua equipe.

Um bom líder deve buscar se aprimorar constantemente e adquirir novas competências para atingir seus objetivos profissionais com maestria. Além de ser capacitado tecnicamente nos processos que lidera.

Se você busca investir mais em sua formação e se capacitar como um líder qualificado, você pode contar com a QMS para isso! E a Q Plus é ideal para você!

O Q Plus é uma assinatura anual com mais de 30 cursos de gestão e que conta com um super curso (com certificação) sobre liderança e gestão de pessoas. Para saber mais, e fazer sua inscrição basta clicar aqui! Vem fazer parte disso e ser um líder melhor!

QMS Certification

A QMS Certification é um organismo de certificação internacional acreditado que atua especificamente com certificação de sistemas de gestão e treinamentos de normas aplicáveis.

Webinar do mês

Confira nossos conteúdos ao vivo!

Todo mês ensinamos ao novo gratuitamente, confira e se inscreva!

Nos webinars que você assistir ao vivo, há liberação de um certificado de participação ;)

Logo Q Academy Branco

Cursos online de
Sistemas de Gestão

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

O terceiro setor é uma esfera da atividade econômica que engloba organizações não governamentais (ONGs), associações, fundações e outras entidades que atuam com finalidades sociais, ambientais, culturais ou de desenvolvimento comunitário, mas que não raras vezes são usadas para prática de fraudes, por isso o Compliance no