O desafio da língua inglesa para os técnicos de segurança do trabalho

INGLÊS??? COMO??? Inglês para que? Estamos no Brasil e aqui não se fala inglês. Inglês é inútil, não serve! Para que perder tempo com isso?

Caros colegas de profissão, na atualidade, presenciamos um fenômeno chamado globalização em que a informação ocorre em variados setores, seja cultural, político e cultural, de maneira imediata.

Temos de nos manter atualizados munidos de informações atuais para atender as necessidades que mostra-se aos mais variados contextos inclusive profissional, portanto, cabe a nós ficarmos atentos as novas exigências do mercado de trabalho e estarmos pronto para suprir as necessidades de uma vaga de trabalho almejada.

globalizaçãoNa economia global de hoje, a capacidade de comunicar é fundamental, e à medida que mais empresas se expandem internacionalmente, a capacidade de comunicar em outro idioma tornou-se uma vantagem significativa na força de trabalho, sendo assim, qualquer iletrado sabe que a língua inglesa é a mais falada em todo o mundo.

Há países (inclusive na América Latina a qual o idioma mais falado é o espanhol) que estimula e disponibiliza meios acessíveis para que as pessoas aprendam o inglês ainda na formação escolar (ensino médio), mas estamos no Brasil que infelizmente não tem como uma de suas prioridades privilegiar o aprendizado das pessoas como falar outros idiomas além do português (língua nativa), nunca foi o foco dos nossos governantes, portanto, ser um indivíduo bilíngue não é algo que esta no alcance de todos.

Mas para quem tem oportunidade e principalmente vontade, ter estudado outras línguas é um diferencial para todas as profissões. Um profissional com domínio na língua inglesa geralmente será mais reconhecido do que o profissional que não tem esse diferencial. Segundo pesquisa atual que traça o perfil desejado do profissional do Técnico de Segurança do Trabalho realizada por mim, 5% das vagas destinadas a este profissional exigem inglês, sendo que os profissionais recebem 30% a mais em relação aos Técnicos que sejam monoglotas.

Frequentemente, os TST´s recém-formados enfrentam diversos obstáculos para conseguir o primeiro emprego no mercado de trabalho, porém, para aqueles que estudarem o idioma supracitado poderá ser este o suficiente para quebrar este paradigma.

Ser fluente em inglês não só melhora as perspectivas de emprego, como nos deixam mais propensos a adquirir à EMPREGABILIDADE, que nada mais é a capacidade da pessoa tem para conquistar e manter um trabalho.

QMS Certification

A QMS Certification é um organismo de certificação internacional acreditado que atua especificamente com certificação de sistemas de gestão e treinamentos de normas aplicáveis.

Webinar do mês

Confira nossos conteúdos ao vivo!

Todo mês ensinamos ao novo gratuitamente, confira e se inscreva!

Nos webinars que você assistir ao vivo, há liberação de um certificado de participação ;)

Logo Q Academy Branco

Cursos online de
Sistemas de Gestão

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

O terceiro setor é uma esfera da atividade econômica que engloba organizações não governamentais (ONGs), associações, fundações e outras entidades que atuam com finalidades sociais, ambientais, culturais ou de desenvolvimento comunitário, mas que não raras vezes são usadas para prática de fraudes, por isso o Compliance no