Diferença entre versão e revisão nas Normas ISO

Diferença entre versão e revisão nas Normas ISO

Entenda de uma vez por todas a diferença entre versão e revisão nas Normas ISO e como isso pode afetar sua organização. Leia agora!
A diferença entre versão e revisão nas Normas ISO é um assunto comummente discutido entre profissionais de sistemas de gestão e entusiastas da área. Fato que se justifica devido à enorme gama de normas existentes, algumas com mais de 35 anos de existência.

Além de ser uma curiosidade interessante, profissionais precisam estar atentos a esses termos pois cada versão (ou revisão) adiciona novas boas práticas e pontos importantes às normas. Além disso, para manter sua certificação em dia, é preciso estar sempre conforme aos requisitos da versão atual.

Por isso, no conteúdo de hoje, vamos explicar a diferença entre versão e revisão nas Normas ISO. Até o final deste artigo, você aprenderá de vez o que é cada termo e nunca mais se confundirá! Vamos lá?

 

VERSÃO das Normas ISO


Quando falamos de informações documentadas, é preciso controlar a versão do documento. Geralmente, usamos um número sequencial, como “Versão 01” ou “Versão 02”. Toda vez que fazemos uma revisão no documento, mudamos o número da versão. Isso é muito comum e extremamente vital tanto para o dia a dia quanto para as auditorias.

Com as normas ISO é a mesma coisa, porém a ISO controla as versões com a data do ano da publicação. Assim, simplificando, a versão é o ano da data de publicação oficial. Dessa forma, a norma válida será sempre a que tem o ano de publicação mais recente. No caso da ISO 9001, por exemplo, a versão atual é a de publicação em 2015.

Apenas reiterando, isso significa que, para conseguir certificar-se na norma ISO 9001, as empresas precisam estar conformes aos requisitos e diretrizes da versão 2015 (a mais recente).

Vale lembrar, também, que pode haver diferença no ano de publicação entre normas internacionais e suas traduções ou adaptações para diferentes idiomas, como é o caso da ISO 37001:2016 e a ABNT NBR ISO 37001:2017. Isso ocorre devido ao processo de tradução e aprovação dessas normas em cada país, o que leva certo tempo. Assim, a “versão nacional” pode ser publicada tempos depois da versão original, o que “altera” o ano da versão localmente, porém continua a manter os requisitos e diretrizes da versão original.

 

REVISÃO das normas ISO


Entretanto, sabemos que as normas, tal qual qualquer informação documentada, precisam passar por atualizações que as tornem mais modernas e aderentes às mudanças do mercado. Para isso, as normas passam por um extenso processo de atualização, com participação de milhares de profissionais, consulta pública e muito trabalho. A esse processo dá-se o nome de “Revisão”.

Dessa forma, enquanto a “versão” é o ano de publicação, a “revisão” é o processo de atualização de uma norma. Esse processo gera uma nova versão que substitui a anterior com melhorias, acréscimos e exclusões.

A ISO 9001, por exemplo e como já dito, está em sua versão 2015 atualmente. Porém, esta norma está em processo de revisão. Quando esse processo terminar, teremos como resultado uma nova versão da ISO 9001. Temos conteúdos sobre a revisão no blog, mas espera-se que a nova versão seja publicada em 2026, assim, teremos então a ISO 9001:2026! Quando a nova norma for publicada, então, as empresas terão um prazo para aplicar as mudanças e novos requisitos, a esse prazo dá-se o nome de “transição”.

 

Considerações finais sobre versão e revisão nas Normas ISO


Para finalizar, vale dizer que uma nova “versão” geralmente inclui grandes mudanças, como a reestruturação do conteúdo, a adição de novos requisitos, ou a exclusão de partes obsoletas da norma anterior. Um bom exemplo foi a adequação da ISO 9001 ao famigerado anexo SL.

Portanto, uma nova versão indica um ponto significativo no desenvolvimento da norma, onde os usuários precisam adotar a nova edição para estar em conformidade com a norma.

Já uma “revisão” é um passo no ciclo de vida de uma norma, ela indica que a norma passou (ou está passando) por um processo de avaliação e atualização. Além disso, nem todas as revisões resultam em uma nova versão, algumas apenas emitem emendas ou suplementos à versão existente.

A revisão ajuda a manter a norma atualizada e relevante de acordo com o contexto econômico mundial, o que facilita a adaptação contínua pelos usuários, bem como garante que as normas sejam realistas e tragam resultados para as empresas adeptas.

Um outro detalhe interessante, que vale citar, é que todas as normas ISO de sistemas de gestão (SG’s) devem ser atualizadas de acordo com o Anexo SL, estrutura de alto nível da ISO. Assim, normas de SG que ainda não estão nesta formatação, em sua próxima revisão, terão que ser adequadas a esse padrão de gestão.

Como organismo certificador, estamos constantemente atualizando as empresas sobre novas versões e processos de revisão, assim como atuamos ativamente em alguns processos de revisão. Afinal, tudo isso corresponde a melhorias e mais resultados para nossas empresas e todas as partes interessadas.

 

[Vídeo Bônus] O que é Revisão e Versão nas Normas ISO? | QMS Brasil


Se você quiser se aprofundar um pouco mais no tema, o Neifer França, diretor da QMS Brasil, gravou um vídeo completinho explicando as diferenças entre versão e revisão e dando mais informações.

No vídeo, ele usa a ISO 9001 como exemplo, comentando sobre sua primeira versão e falando sobre o processo de revisão desta norma pelo TC 176 (technical committee)! Além disso, ele também fala um pouco sobre versão e revisão no controle da informação documentada da sua organização, usando como exemplo a política da qualidade!

Vale a pena conferir e já se inscrever no canal para aprender continuamente sobre normas ISO, auditorias e sistemas de gestão! Assista clicando abaixo:

QMS Certification

A QMS Certification é um organismo de certificação internacional acreditado que atua especificamente com certificação de sistemas de gestão e treinamentos de normas aplicáveis.

Webinar do mês

Confira nossos conteúdos ao vivo!

Todo mês ensinamos ao novo gratuitamente, confira e se inscreva!

Nos webinars que você assistir ao vivo, há liberação de um certificado de participação ;)

Logo Q Academy Branco

Cursos online de
Sistemas de Gestão

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

Compliance no Terceiro Setor: Entenda a sua importância

O terceiro setor é uma esfera da atividade econômica que engloba organizações não governamentais (ONGs), associações, fundações e outras entidades que atuam com finalidades sociais, ambientais, culturais ou de desenvolvimento comunitário, mas que não raras vezes são usadas para prática de fraudes, por isso o Compliance no