Logo QMS Certification Blog
Pesquisar

Contexto da organização na ISO 45001:2018

Quando uma organização preza pela saúde e segurança de seus colaboradores, melhores resultados são notados.

Para uma organização se manter funcionando com sucesso, é fundamental prezar pela saúde e segurança de seus colaboradores.

Por isso, no artigo de hoje, trouxe um tema relacionado a ISO 45001: 2018 que tem seu foco voltado para o Sistema de Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional.

Criada com o objetivo de fazer com que as organizações se adequem a um sistema de gestão de segurança e saúde eficiente, a ISO 45001: 2018 conta com dez requisitos. Dentre eles, temos o número quatro que é o nosso tema de hoje: o contexto da organização na ISO 45001:2018.

 

 Contexto da Organização na ISO 45001:2018

Uma organização precisa conhecer seus limites, saber onde ela é mais forte e onde é mais vulnerável. É de extrema importância a organização entender a sua realidade, suas necessidades e expectativas.

Por isso, a ISO 45001: 2018 diz que a organização deve determinar as questões externas e internas que sejam relevantes para o seu propósito e que afetem sua capacidade de alcançar os resultados pretendidos do seu sistema de gestão de SSO.

O sistema de segurança e saúde ocupacional (SSO) é uma ferramenta que auxilia as organizações a identificar e prevenir a ocorrência de riscos relacionados à segurança de seus colaboradores. Isso, implementando um sistema de investigação e tratativa de incidentes e doenças que podem ocorrer em determinado ambiente de trabalho.

Questões Internas

Essas questões influenciam na capacidade da organização atingir os resultados esperados. Como o próprio nome já diz, trata-se de questões internas, ou seja, situações que ocorrem dentro dos limites de atuação da organização, dentro do ambiente de operação de seus processos.

No mapeamento destas questões, podemos, por exemplo, levar em conta pontos fortes e pontos fracos (como na análise SWOT).

Os pontos fortes são os diferenciais da organização, aqueles que mostram que ela preza pela saúde e segurança dos colaboradores.

Temos como exemplo uma organização que não expõe seus funcionários a produtos que podem acarretar em danos a sua saúde, garantindo então o uso dos EPIs de qualidade, maquinários e ferramentas com frequente manutenção, entre outras medidas.

Em contrapartida, temos os pontos fracos, que colocam em risco a saúde e segurança dos colaboradores. Uso de equipamentos de baixa qualidade ou fora de sua validade, exposição indiscriminada de seus funcionários a tarefas que podem acarretar em acidentes ou danos à saúde, entre outras negligências, podem ser exemplos de pontos fracos.

Questões Externas

Ainda seguindo o exemplo de uma análise baseada na Matriz SWOT, podemos dividir as questões externas em dois pontos: oportunidades e ameaças. Serão elas que vão definir os pontos principais do contexto da organização na ISO 45001:2018.

Quando falamos em oportunidades associamos a algo positivo, ou seja, são questões externas que influenciam de maneira positiva na organização.

Exemplos dessas oportunidades podem ser o aproveitamento de treinamentos externos, conscientização sobre benefícios externos à saúde das pessoas, adequação a novas leis trabalhistas ou questões jurídicas, adoção de um plano de saúde familiar, entre outros.

Assim como as oportunidades nos levam a pensar em algo positivo, o termo ameaça nos traz uma sensação de negatividade.

São situações como doenças transmissíveis que podem vir de fora da organização, como exemplo temos a COVID-19. Um colaborador pode acabar se contaminando e trazendo esse vírus para dentro da área de trabalho, para isso não ocorrer é necessário um planejamento, higienização, testes com frequência e uso das medidas de segurança recomendadas pelo ministério da saúde. Tudo para conter uma ameaça externa.

Como melhorar o desempenho da organização 

Agora que você entendeu as questões que influenciam de maneira positiva e negativa o desempenho SSO das organizações, vamos conhecer alguns métodos para aproveitar as oportunidades e forças e aprender a lidar com as fraquezas e ameaças. Afinal, não basta compreender o contexto da organização na ISO 45001:2018, é preciso atuar sobre ele.

  1. Implementar uma política de estratégia SSO, estimulando ações para prevenir acidentes e doenças ocupacionais;
  2. Desenvolver processos para entender o seu contexto, como citado anteriormente. É fundamental que a organização conheça as condições de trabalho de seus colaboradores;
  3. Apoiar a segurança e saúde ocupacional na organização, por exemplo, disponibilizando EPIs, treinando os colaboradores, reorganizando o layout, entre outras ações;
  4. Estar sempre atento a novas atualizações de leis e critérios relacionados à saúde e segurança do trabalho.

Entretanto, o sucesso dessas ações ocorrerá apenas se houver comprometimento dos líderes, gestores e colaboradores. Para isso, avaliar e monitorar o sistema de gestão da saúde ocupacional constantemente é fundamental.

Resultados da segurança e saúde dentro de uma organização

Quando uma organização preza pela saúde e segurança de seus colaboradores, melhores resultados são notados. A redução de acidentes, e a sensação de segurança dos colaboradores faz com que trabalhem com mais confiança, gerando um aumento nos resultados dos processos.

Os prejuízos financeiros causados por acidentes de trabalho, multas e processos trabalhistas diminuem, influenciando diretamente em uma melhora financeira da organização.

Com a implementação da ISO 45001, a organização passa não só a cumprir as normas de segurança e saúde no trabalho, mas também a ganhar um maior respeito dos seus clientes, colaboradores e parceiros.

Garantir ótimas condições de trabalho para seus colaboradores traz uma visibilidade positiva para as organizações e consequentemente atrai colaboradores com melhores qualificações.

Com mais saúde e segurança, todo mundo sai ganhando

Citei a frase “com mais saúde e segurança, todo mundo sai ganhando”, pois os resultados do cumprimento dos requisitos da ISO 45001:2018 nos mostram isso.

Infelizmente algumas organizações ainda agem com negligência quando o assunto é saúde e segurança de seus colaboradores. Talvez por ter o pensamento de reduzir custos ou achar que a SSO é desnecessária, por isso não é difícil ouvir falar em acidentes de trabalho.

Entretanto, o que as empresas não entendem é que a negligência com SSO é uma das maiores causas de prejuízo. Seja prejudicando o desempenho e produtividade das pessoas ou gerando custos com acidentes de trabalho.

As organizações precisam compreender que realmente todos saem ganhando quando prezamos pela saúde e segurança no ambiente de trabalho. Atuar sobre o contexto da organização na ISO 45001:2018 não é questão de burocracia! Com colaboradores confiantes em seus trabalhos, a imagem positiva da organização atraindo fornecedores e parceiros de qualidade, os produtos gerados tem seu nível de qualidade elevado.

Quando isso acontece, a organização se destaca em relação aos seus concorrentes e assim consegue atrair mais clientes, consequentemente gerando mais lucros.

QMS Certification

QMS Certification

A QMS Certification é um organismo de certificação internacional acreditado que atua especificamente com certificação de sistemas de gestão e treinamentos de normas aplicáveis.

Conteúdo de Sistemas de Gestão toda semana no seu e-mail? Oba!

Assine nossa newsletter e receba nossos posts direto na sua caixa de e-mail.

Como funciona o ciclo de auditorias nas certificações ISO?

Como funciona o ciclo de auditorias nas certificações ISO?

O ciclo de auditorias nas certificações ISO corresponde a quantidade e frequência de auditorias que precisam acontecer para que sua empresa receba e mantenha o tão sonhado certificado. Para que isso aconteça, há um processo muito bem estabelecido e que depende tanto da sua empresa quanto do